印刷する
Partilhar

Estudo de Investidores Globais

O papel dos gestores de investimento explicado

12/09/2016

Os gestores de investimento, também conhecidos como gestores de fundos e gestores de ativos, procuram fazer o dinheiro dos seus clientes crescer para que estes possam alcançar os seus objetivos e aspirações, para ajudar a proporcionar um futuro mais confortável.

São o motor dos fundos de investimento, fundos de pensões e de outros produtos de poupança.

Deste modo, permitem que os investidores que não têm muito dinheiro invistam em conjunto com outros investidores e diiversifiquem de forma mais ampla do que seriam capazes de fazer por conta própria, de forma economicamente eficiente.

Tal é muitas vezes feito através de fundos de investimento. Com a ajuda de um gestor de investimento, é possível investir numa ampla gama de diferentes classes de ativos, tais como ações, obrigações, imobiliário, pequenas empresas start-up e infraestruturas.

Os consultores de investimentos ou os corretores podem ajudar os investidores a fazerem escolhas adequadas sobre quais os ativos ou fundos onde devem investir.

O dinheiro é investido em linha com a quantidade de risco que os clientes estão dispostos a assumir (quanto mais risco a pessoa corre, mais remuneração terá, mas também há mais possibilidade de perder dinheiro. Geralmente quanto mais tempo a pessoa está disposta a investir, mais riscos terá de tomar).

Tal geralmente é feito por clientes que investem o seu dinheiro num fundo de acordo com a sua atitude face ao risco e às classes de ativos que lhes interessam. Alguns clientes querem ter em conta fatores específicos, tais como preocupações ambientais e sociais.

As comissões são geralmente baseadas numa percentagem do valor investido - o que significa que os interesses do gestor de investimento e os do cliente estão alinhados - ambos benificiam quando o dinheiro cresce.

Os gestores de investimento cumprem uma vasta gama de regras sobre como se comportar e como comunicar com os clientes - devem agir sempre no melhor interesse dos clientes.

Uma das principais diferenças entre um gestor de investimento e um banco é que o dinheiro continua a ser dos clientes, e é mantido em segurança por uma empresa que é independente do gestor de investimento. Se acontecer alguma coisa ao gestor, o dinheiro permanece seguro e separado do gestor. Tal não deve ser confundido com o risco de investimento, a possibilidade de o valor dos investimentos em carteira poder cair.

Os gestores de investimento fiscalizam as empresas e os projetos em que investem em nome dos clientes e esse investimento ajuda as empresas e os projetos financeiros a crescer.

Os gestores de investimento terão em conta um leque de diferentes fatores ao decidir onde investir, o que, muitas vezes, depende do seu estilo de investimento particular e do que os seus clientes estão à procura. Alguns podem, por exemplo, concentrar-se em investimentos que se espera que gerem rendimento (por exemplo, em empresas em que se espera que paguem dividendos). Outros podem concentrar-se em empresas que acreditam que estão subvalorizadas e que se espera que aumentem em valor ao longo do tempo.

Uma vez que a decisão de investir em ações de uma empresa é tomada, o gestor de investimentos envolve-se com essa empresa, obrigando-os a prestar contas em nome do seu investidor final, a falar com eles regularmente sobre a sua estratégia e a votar em assembleias da empresa.

É melhor manter relações de longo prazo, mas há a opção de vender as ações quando o investimento numa empresa não sirva o interesse dos investidores.

Notas: Sobre o Estudo Global sobre Investidores da Schroders de 2016

A Schroders encarregou a Research Plus Ltd de realizar, entre 30 de março e 25 de abril de 2016, um estudo independente on-line de 20 000 investidores em 28 países no mundo inteiro, incluindo Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Itália, Japão, Países Baixos, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos. Esta investigação define "investidores" como aqueles que investirão pelo menos 10 000 € (ou o equivalente) nos próximos 12 meses e que fizeram alterações nos seus investimentos nos últimos cinco anos. Estas pessoas representam as opiniões de investidores em cada país incluído no estudo.

Informação Importante: Este documento tem apenas fins informativos e não pretende servir de material promocional, qualquer que seja o sentido. O documento não pretende ser uma oferta ou solicitação para a compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. O documento não se destina a fornecer, e não deverá ser considerado como um aconselhamento contabilístico, jurídico ou fiscal, ou como uma recomendação de investimento. A informação é fiável mas a Schroders não garante a sua plenitude e precisão. Nenhuma responsabilidade pode ser aceite em caso de erros, factos ou opiniões. Os pontos de vista e a informação constantes do documento não devem servir de base para o investimento individual e/ou decisões estratégicas. O desempenho anterior não é um indicador confiável dos resultados futuros. O valor das ações e a renda podem cair ou crescer e os investidores podem não receber a quantidade originalmente investida. Emitido por Schroder Investment Management Limited, 31, GreshamStreet, London, EC2V7QA, I autorizada e regulada pela Financial Conduct Authority. Para sua segurança, as comunicações podem ser gravadas ou monitorizadas. Os dados de terceiros são detidos ou licenciados pelo fornecedor dos dados, não podendo ser reproduzidos ou extraídos e utilizados para qualquer outro fim sem o consentimento do fornecedor dos dados. Os dados de terceiros são fornecidos sem garantias de qualquer tipo. O fornecedor dos dados e o emitente do presente documento declinam qualquer responsabilidade relacionada com os dados de terceiros. O Prospeto e/ou www.schroders.pt contêm exonerações de responsabilidade adicionais aplicáveis aos dados de terceiros.

Read the full report

8 pages | 340 kb

DOWNLOAD

Topics:

  • Global
  • Global Investor Study
  • Global Investor Study - Investor Engagement