Perspective

Vídeo: Como o ESG funciona em tempos de inflação?


A guerra na Europa, os recordes de preços elevados da energia e o regresso da inflação são apenas alguns dos fatores que hoje contribuem para a volatilidade do mercado.

Apesar disso, a nossa abordagem multi stakeholder e perspectivas de longo prazo nos ajudam a minimizar o impacto destes fatores e das macrocorrentes.

Como investidores sustentáveis, estamos em busca de empresas que exibam "carma corporativo" porque são as empresas que buscam não apenas sobreviver, mas prosperar em tempos de macro incerteza.

Atualmente, uma área que sofre pressões a curto prazo é o recente reforço das empresas de energia, na sequência da subida dos preços do petróleo e do gás após a invasão russa na Ucrânia. Concluímos a partir de eventos recentes que os preços altos e voláteis dos combustíveis que vimos servem apenas para aumentar a urgência de países e governos para alcançar sua transição climática completa e fazer com que as empresas foquem em seus compromissos líquidos de carbono zero.

A Schroders é signatária da iniciativa Climate Action 100+ e da Net Zero Asset Management e foi uma das primeiras instituições financeiras a ser membro comprometido da iniciativa Science Based Target (SBTi. Sabemos em primeira mão o que é preciso para assumir um compromisso em matéria de clima e trabalhar no sentido de alcançar um objetivo nesse sentido.

Como proprietários ativos, fizemos planos de engajamento ambiciosos visando mais de 500 empresas em uma ampla gama de setores para incentivar as empresas a se comprometerem com as metas climáticas, fazer planos de transição e nos permitir medir e monitorar o desempenho à medida que progridem.

Onde estamos atualmente envolvidos com empresas?

Uma empresa com a qual nos envolvemos desde 2019 é a Recruit, uma empresa de recrutamento japonesa, mais conhecida pelos sites Glassdoor e Indeed. Nos envolvemos com sucesso com esta empresa inicialmente em torno da governança, particularmente em torno do nível do conselho e da diversidade de gênero no nível da gestão executiva.

Impulsionados por esse otimismo, voltamos a nos envolver com a empresa em torno dos planos de transição climática, e ficamos muito satisfeitos em saber que a empresa anunciou compromissos zero líquidos em 2021.

Em uma reunião recente com a empresa, soubemos que eles já alcançaram ambições de curto e médio prazo em linha com 1,5 grau da Iniciativa Science Based Target. É importante ressaltar que estes objetivos estavam ligados à remuneração da administração da empresa. O foco agora está em como incorporar e minimizar as emissões indiretas de Escopo 3, que são predominantemente do deslocamento de seu pessoal temporário.

Medir e gerenciar as emissões do Escopo 3 não é uma tarefa fácil. Para tanto eles lançaram iniciativas em torno da promoção do trabalho remoto e do transporte ecológico, não apenas para o seu próprio pessoal, mas para o pessoal que estão recrutando para os seus clientes.

Continuaremos nosso diálogo com a empresa, particularmente em torno da divulgação ambiental, bem como novas iniciativas em torno da transparência sobre as emissões do Escopo 3, e procuraremos compartilhar as melhores práticas entre as empresas que enfrentam desafios climáticos semelhantes.