Panorama

Infografia: Como a transição energética está a começar a acelerar


A atual transição energética, a mudança dos combustíveis fósseis, como o petróleo e o carvão, para fontes de energia sustentáveis, como a eólica e a solar, está a começar a acelerar. Representando apenas 1% do conjunto de energias a nível global em 1950, a energia renovável deverá agora corresponder a 50% das nossas necessidades energéticas até 2040.

A procura de energia renovável está a crescer rapidamente à medida que as empresas se comprometem com objetivos de neutralidade carbónica. A sensibilização relativamente ao impacto nocivo das emissões de gases com efeito de estufa também aumentou nos últimos anos e a questão das alterações climáticas chegou ao topo da agenda dos meios de comunicação globais.

Inúmeros países em todo o mundo comprometeram-se a estabelecer datas para proibir a venda de veículos poluentes a gasolina e gasóleo numa tentativa de abrandar o aquecimento global. A Noruega será o primeiro país a proibir a venda de novos veículos com motor de combustão interna em 2025, podendo os consumidores comprar apenas novos veículos elétricos (VE) após essa data.

A procura de VE está a aumentar à medida que novos modelos com baterias de maior alcance e preços mais baratos são lançados no mercado e os consumidores mudam para modos de transporte mais ecológicos. No entanto, as vendas de VE representam ainda uma pequena percentagem de todos os veículos vendidos.  No Reino Unido, por exemplo, os VE representaram 11% do total das vendas de veículos de passageiros em 2020. Este número terá de aumentar para 100% até 2030, se o objetivo do Reino Unido de proibir a venda de novos veículos com motor de combustão interna até 2030 for cumprido.

A infografia que se segue dá uma ideia da enorme dimensão da transição energética e das oportunidades que essa mudança pode trazer aos investidores.